A riqueza de Salvador, capital da Bahia.

Rica em história e beleza natural, Salvador é lembrada em todos os lugares do mundo por seus diversos pontos turísticos. Os edifícios antigos, as praias paradisíacas e a arquitetura de suas igrejas despertam a curiosidade e o interesse não somente de baianos e turistas, como também de artistas internacionais, que não perderam a oportunidade de conhecer uma das cidades mais belas do país.

Salvador não é apenas a primeira capital do Brasil, é também uma cidade símbolo quando falamos de legado histórico. A cidade conta com mais de 300 igrejas e as mais antigas datadas do barroco ficam no Pelourinho

O Pelourinho é a parte mais conhecida do Centro Histórico de Salvador, que está intimamente ligado à fundação de Salvador e ao desenvolvimento do Brasil na época colonial, além de ser um dos principais símbolos da cidade. Pelourinho o nome dado à coluna fixada em praça pública onde escravos e criminosos eram expostos e castigados. A coluna em si não existe mais em Salvador - o pelourinho ficou apenas no nome.

A praça é cercada por várias casas antigas no mais puro estilo colonial, entre elas o casarão da Fundação Jorge Amado e igrejas como a Igreja do Rosários dos Homens Pretos e Catedral Basílica, dois grandes exemplos da arquitetura da época da colônia.

 

O Pelourinho também é fonte de inspiração e palco para artistas brasileiros e estrangeiros como Caetano Veloso, Paul Simon e até mesmo Michael Jackson, que já gravou cenas de um de seus clipes pelas icônicas ruazinhas coloridas. O centro histórico de Salvador também reúne alguns dos melhores restaurantes e bares mais movimentados da cidade.

A efervescência cultural toma conta do multicolorido Pelourinho, principalmente através do projeto Pelourinho Dia & Noite, que se realiza em diversas praças e ruas do bairro. O programa leva ao público, diariamente e com entrada franca, bailes e espetáculos de música e teatro para todos os gostos.

É também no Pelourinho que Salvador reúne sua maior riqueza, revelada nos detalhes arquitetônicos, nas igrejas e nas casinhas coloridas, que se dedicam e vivem de turismo. Localizado no centro histórico de Salvador e tombado pelo patrimônio da humanidade da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), o Pelourinho é considerado atualmente um grande shopping a céu aberto por oferecer atrações artísticas, musicais e opções de bares, restaurantes, lojas de roupas, artesanatos, jóias, museus, teatros e igrejas, entre outros.

Foi essa riqueza de cultura e esforço para revitalização da cidade que resultou no aparecimento neste ano, em 2019, da capital baiana apareceu na famosa lista dos melhores destinos para ir publicada todos os anos pelo jornal americano “The New York Times”. Salvador ocupou o 14º lugar do ranking “52 Places to Go in 2019” (“52 Lugares para ir em 2019”, em inglês).

 

 

Por: Julia Lippi Marcondes Machado

Vivee Experiences by Vidalatam CORP