Patagônia Fantástica

Chama-se Patagônia os extremos meridionais do território argentino e chileno, é o fim da espinha de todo o continente; já que é o ponto mais ao sul da Cordilheira dos Andes, que atravessa a América do Sul a partir da Colômbia. Possui uma grande quantidade de climas contrastantes entre si e poderia facilmente ser chamado de representação da majestade da natureza.

Começando com a primeira cidade, Puerto Madryn, localizada ao norte da província de Chubut e abriga várias atividades. Durante o verão, as praias estão repletas de banhistas e pessoas que praticam os diversos esportes aquáticos disponíveis, como caiaque, canoagem, windsurf, kitesurf e jet ski, entre outros.

No entanto, a maior atração de Puerto Madryn é que ela é o principal acesso à Reserva Provincial Peninsula Valdés, declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO devido ao grande número de baleias francas que se reproduzem a cada ano em suas proximidades, é assim, um dos lugares mais importantes para observação de baleias no mundo.

Mas esta não é toda a fauna que a Península Valdés tem a oferecer, além de baleias assassinas, golfinhos, pingüins, elefantes e leões marinhos, uma grande variedade de aves, entre outros. Uma obrigação para esta experiência é mergulhar ou fazer snorkel com elefantes marinhos, também disponíveis nas costas da península.

Ushuaia é a capital da província da Terra do Fogo, Antártica e Ilhas do Atlântico Sul; É cercado em um dos seus lados pela cordilheira Martial e também está localizado nas costas da Isla Grande, onde tem vista direta para a baía de Ushuaia, no Canal de Beagle. O contraste dos dois ecossistemas é maravilhoso

É considerada a cidade mais autral do mundo, para homenagear esse título oferece a experiência do trem do fim do mundo, que é uma viagem de Ushuaia ao parque nacional Terra de Fogo

El Calafate é a porta de entrada para o Parque Nacional Los Glaciares , que foi declarado patrimônio natural da humanidade em 1981 devido à sua beleza, impacto ambiental e as muitas espécies ameaçadas que abriga. As geleiras que existem nela pertencem aos campos de gelo do sul da Patagônia e ocupam uma área de aproximadamente 2600 km²

O mais conhecido dos glaciares é o Perito Moreno, que se expande nas águas com uma frente de 5 km e uma altura, acima do nível do lago, de 60 metros. Nisso você pode fazer um tour de trekking altamente recomendado.

Depois de passar brevemente pelo Chalten "a capital argentina do trekking", e cruzando para o território chileno. O último destino patagônico do circuito é apresentado: Parque Nacional Torres del Paine.

Este parque tem várias atividades para desfrutar: observação da vida selvagem, rotas de trekking, esportes de inverno, tudo isso no meio de montanhas, lagos, lagoas e geleiras.

Isso não só pode ser uma viagem de lazer, mas também uma viagem de conscientização, pois gera a oportunidade de ver em primeira mão os efeitos que o aquecimento global teve sobre esse ecossistema.

A fantástica Patagônia tem tudo: variedade de atividades, experiências únicas com a fauna deste ponto geográfico, senso social e diversão. Sem dúvida, é uma jornada que pode transformar sua vida.

 

Por Eileen Cortés