Viva o Melhor de Bonito

Rios de águas transparentes, cachoeiras, grutas e cavernas. Fauna e flora exuberantes, com centenas de espécies de aves, mamíferos e répteis ocupando uma vegetação que mistura o Cerrado com a Mata Atlântica. Essas são algumas das atrações de Bonito, na região sudoeste de Mato Grosso do Sul, a 300 quilômetros de Campo Grande.

 

Polo do ecoturismo no Brasil, Bonito recebeu em 2013 o prêmio de melhor destino de turismo responsável do mundo, o World Responsible Tourism Awards, na Feira World Travel Market, em Londres. O município conta com cerca de 40 atrativos, que possibilitam aos visitantes várias opções de atividades. Os interessados em contemplar as belezas da região podem, por exemplo, visitar as grutas e tomar banho em cachoeiras e rios de águas cristalinas.

Já os amantes da aventura podem percorrer trilhas no solo ou fazer arvorísmo, descer trechos dos rios fazendo flutuação ou em botes, boias (boia cross), pranchas (stand up paddle surf) ou caiaques infláveis, ou ainda passear de quadriculo, a cavalo ou de bicicleta. Para os mais radicais também não faltam opções, como o rapel e os mergulhos em rios e lagoas.

 

Na cidade, os visitantes podem conhecer mais sobre os peixes locais visitando o aquário, experimentar em bares e restaurantes pratos regionais feitos a partir da carne de peixe e de jacaré, entender o processo produtivo de uma aguardente que dá nome a um dos mais tradicionais bares da cidade e fazer a degustação de mais de 12 tipos de cachaça e ainda levar para casa amostras da cultura regional nas lojas de venda de artesanato espalhadas pelo centro do município.

 

Veja aqui algumas opções de atividades que selecionamos e que vão te arrancar suspiros durante essa viagem cheia de emoções

 

Abismo Anhumas

Sem dúvida, esta é a versão mais radical de Bonito.

A 23 km do centro do centro da cidade, essa caverna com entrada vertical tem acesso obrigatório por um rapel negativo (quando não se coloca os pés em nenhum local de apoio), com 72 metros de profundidade, o que equivale a um prédio de 26 andares, até a plataforma flutuante sobre o lago dentro do abismo.

Radical e complexa, a experiência exige treinamento prévio, na sede da agência, no centro de Bonito.

 

Grutas

Localizada na área do Grupo Corumbá, formação de 550 a 600 milhões de anos que já foi o fundo do mar, a região de Bonito abriga 78 cavernas mapeadas que podem ser visitadas pelo público em geral.

Sem dúvida, a do Lago Azul é a mais popular de todas, cujo acesso é por uma trilha de 300 metros até uma boca natural com 40 metros de diâmetro.

Mas o visual mais esperado (daqueles que fazem grupos de turistas se dispersarem, durante a descida íngreme por um desnível de 60 metros), é o impressionante lago azulado que dá nome à atração, uma formação natural com 90 metros de profundidade e que abriga fósseis milenares de mamíferos como a preguiça-gigante e o tigre-dente-de-sabre.

 

Ciclismo

Desde que foi lançado, há mais de sete anos, o projeto Lobo Guará já plantou seis mil árvores com a ajuda de ciclistas.

Nesse roteiro de 17,5 km (14 km sobre asfalto e outros 3 km, margeando o rio Formoso) o ciclista faz paradas para banhos em rios; cruza área de mata ciliar, onde o tour assume status de off road; e, no final, planta uma árvore, em uma área de reflorestamento.

 

Flutuação no Rio da Prata

Com águas que entraram para as listas mundiais de transparência, devido à alta concentração de calcário que serve como filtro natural, os rios bonitenses são conhecidos pelas flutuações, atividade aquática em que o visitante segue a correnteza do rio, equipado com colete, máscara e snorkel.

O mais famoso é o da Nascente Sucuri, uma fazenda com mais de 8 mil hectares, onde é possível flutuar por 1.800 metros do rio Sucuri, considerado o “mais cristalino do Brasil”.

 

Lagoa Misteriosa

Um dos pontos mais cobiçados para mergulho, em Bonito, é a Lagoa Misteriosa, uma cavidade que foi classificada pela SBE (Sociedade Brasileira de Espeleologia) como “a sétima caverna mais profunda” do Brasil.

Acessada por uma dolina de 75 metros de profundidade, onde se encontra uma escadaria de 179 degraus, essa lagoa de imensidão abismal abriga imensos paredões verticais e áreas bem iluminadas, devido à sua posição.

 

Por: Julia Lippi Marcondes Machado

Vivee Experiences by Vidalatam CORP